Grupos Temáticos

  • Grupo 01. Religião e Institucionalidades religiosas:
    Este grupo temático agregará as pesquisas que refletem sobre a formação das instituições religiosas propriamente ditas, suas especificidades (congregações, ordens, associações e demais formas de organização), tendo como propósito a vivência e o trabalho social. 
  • Grupo 02. Religião e Espacialidades Religiosas
    Este grupo temático agregará pesquisas e ensaios sobre estudos do fenômeno religioso a partir de categorias espaciais; espacialidades e territorialidades religiosas; geografias dos mundos conformados pela religião e as expressões das religiões no mundo. 
  • Grupo 03. Religião e Relações de Gênero
    Este grupo temático agregará as pesquisas que abordam as relações entre religião e gênero pontuando a diversidade de abordagens em suas configurações individuais e sociais e como se articulam a partir de múltiplos vieses, sejam eles antropológicos, históricos, literários, teológicos e filosóficos. 
  • Grupo 04. Religião e Educação
    Este grupo temático organiza os estudos e pesquisas da relação entre educação, cultura e religião, campo este que se abre sistematicamente aos pesquisadores de Teologia e de Ciências da Religião, assim como de áreas afins. Com perspectiva interdisciplinar, sua intenção é compreender os diferentes processos de ensino e aprendizagem nos espaços escolarizados e comunitários. Esse núcleo abrange temas como ensino religioso, pastoral da educação, educação em diferentes espaços confessionais, diversidade, formação inicial e continuada, catequese, formação de lideranças para movimentos e estudo dos diferentes segmentos escolares, entre outros. Tais elementos estão relacionados à compreensão e à transformação das práticas e conduções da vida e políticas educacionais apresentadas como plataformas para a ordenação e a direção das relações da humanidade com seu entorno (natureza, transcendência, alteridade). 
  • Grupo 05. Religião, Migração e Religiosidade Popular
    Tendo em vista a predominância do pluralismo das manifestações religiosas na sociedade contemporânea, este grupo temático agregará as pesquisas que tratam das questões conceituais sobre religião, imigração e religiosidade popular. São estudos que focalizam as expressões religiosas e seus desdobramentos formais e informais, como rituais litúrgicos, cultos públicos, devoções aos santos, às divindades e às pessoas, bem como crenças, imaginários, magia e religiosidades alternativas. 
  • Grupo 06. Religião e Comunicação.
    Este Grupo Temático agrega pesquisas sobre religião e comunicação nas mais diferentes áreas de conhecimento e recortes temporais, que se ocupam a analisar as suas mais diversas temáticas: o uso dos meios de comunicação (impressos, audiovisuais, imagéticos, digitais, musicais) por parte de instituições religiosas para reforçar sua comunicação e instrução interna, para realizar propaganda, evangelização, proselitismo, e/ou para se inserir em amplos debates na esfera pública; a utilização de símbolos, imaginários e discursos religiosos por meios de comunicação seculares para fins de instrução, entretenimento e informação; e os usos que os mais variados agentes religiosos (lideranças e fiéis) realizam dos meios de comunicação, religiosos e/ou seculares, tanto para estreitar laços com sua tradição religiosa, reforçando identidades e sentimentos de pertença; quanto para questioná-la ou reelaborá-la, assim como para atacar outras tradições, ou mesmo para estabelecer diálogo inter-religioso. 
  • Grupo 07: Religião e Religiosidade Africana, Indígena e Oriental
    As temáticas abordadas neste grupo envolvem pesquisas e trabalho de pesquisadores que se dedicam às questões de religiões e religiosidades em torno das filosofias místicas orientais, orientalismos diversos, experiências religiosas de matriz africana e indígena, interpretações das representações extático-religiosas. 
  • Grupo 08: Religião e Política
    Este grupo temático acolherá as pesquisas sobre a interferência da religião na esfera pública, tanto do ponto de vista ético como do ponto de vista institucional, indagará como e em que sentido as sensibilidades religiosas reivindicam um lugar no espaço secular, seja para interditar ou para promover determinadas práticas.

Arquivos

Posts